[+18] Bom dia, Tamires Rocha

Tempo de leitura: 4 minutos

[+18] Bom dia, Tamires Rocha

Nota editorial: acreditamos que nudez, sensualidade, libido e flutuação são discussões essenciais de nosso tempo. E que há espaço para tratar disso sem objetificar e ofender, mas sim valorizando toda a riqueza do masculino e do feminino. Para entender porque publicamos ensaios de homens e mulheres e saber mais sobre o que aspiramos para a série “Bom dia”, leia o que escrevemos cá. E se tem um experiência que deseja publicar, fale conosco pelo contato@prazeresocultos.com.br .

* * *

Sou enfermeira recém-formada. Sempre me encantei pelo mundo da retrato, seja em frente à câmera ou detrás das lentes. Quando párvulo, meu sonho era ser padrão. Com o tempo, cresci e fui levada por outros sonhos uma vez que cursar uma faculdade.

Ou por outra, as vozes da sociedade às vezes me faziam pensar que não levava jeito para isso e estava sempre em procura de me encaixar nos padrões da sociedade.

Foi exatamente o que pensei antes de fazer as fotos com o Rodrigo. “Não estou com corpão”. “Preciso malhar, fazer dieta, emagrecer”. “Nem sou tão fotogênica”.

Mas  decidi aventurar-me e pensei “pelo menos em uma foto devo permanecer muito”. E a cada foto era realmente um tiro. Eu pensava “Que isso! Sou eu mesma?” E até hoje é difícil escolher minha foto preferida.

Esse experiência fez eu me enxergar com outros olhos, me contemplar mais, me sentir mais optimista e me saber melhor.

Hoje recomendo a todos que se permitam a viver e se saber. Sem relatar que me apaixonei ainda mais pela retrato. 

Nota: fotos de Rodrigo Porogo.

​​

 

 

 

 


publicado em 11 de Fevereiro de 2019, 11:16





Fonte: papodehomem.com.br

Minha filha é transexual | ID #58

Como lidar com pais controladores?

Porquê mourejar com pais controladores?