Brasileiras estão entre as maiores consumidoras de pornôs no mundo

Tempo de leitura: 3 minutos

Brasileiras estão entre as maiores consumidoras de pornôs no mundo

As brasileiras estão entre as maiores consumidoras de pornografia do mundo. Os brasileiros continuam sendo um dos mais interessados em pornografia com travestis e demonstram um interesse cada vez maior por sadomasoquismo. Filmes eróticos com desenhos japoneses, cenas lésbicas e mulheres mais velhas continuam sendo os preferidos do público vernáculo.

Essas conclusões estão no relatório anual prestes pelo PornHub, um dos maiores sites de vídeos adultos do mundo. Segundo o documento, o Brasil foi o 11º país que mais gerou acessos à plataforma em 2019, subindo uma posição no ranking em confrontação a 2018.

 

Mulheres mais interessadas em pornôs

Quando observados os dados dos 20 países que mais acessaram o PornHub em 2019, o Brasil apresenta a maior proporção de internautas mulheres. Elas foram responsáveis por 39% do totalidade de acessos originados do Brasil leste ano, um índice só conseguido também pelas Filipinas.

pornhub2

Segundo a profissional responsável pelo relatório, a sexóloga Laurie Betito, as estatísticas mostram que a pornografia deixou de ser um resultado consumido somente por homens. “Mulheres estão assistindo a pornôs cada vez mais, o que, esperamos, signifique que elas estão se dedicando a dar prazer a elas mesmas. Isso indica que as mulheres estão assumindo o comando de sua sexualidade, descobrindo seus corpos e identificando do que gostam. Menos vergonha e menos tabu sobre a sexualidade feminina resulta em mais buscas”, acredita Betito.

O site não divulgou dados específicos sobre as buscas mais feitas por brasileiras, mas as estatísticas mundiais mostram que homens e mulheres têm gostos diferentes na hora de consumir pornografia. Enquanto as cinco buscas mais comuns entres eles foram pornô nipónico, namorado, maduras, MILF (mulheres maduras — veja vocabulário de termos da pornografia) e hentai (desenhos japoneses), entre elas, foram: lésbica, “popular entre as mulheres”, nipónico, sexo a três e negros.

O sabor do brasílico

Quando se observa o sabor dos internautas brasileiros em universal, as categorias mais acessadas foram lésbica, brasileira, namorado, anal e hentai. Já os termos mais buscados no site pelos brasileiros foram brasil, hentai, lésbica, brasileira e MILF.

Outros números chamam a atenção nos dados referentes ao Brasil. Nas categorias top relativas, ou seja, aquelas que os brasileiros demonstram mais interesse que a média global, destacam-se brasileira (interesse 994% maior que média global) e transgênero (98% maior que a média global).

Mais interesse pelo BDSM

Outra desfecho que se pode chegar olhando os dados é que parece possuir um interesse maior dos brasileiros em relação ao universo do sadomasoquismo.

Os termos femdom (dominação feminina) e bdsm (veja vocabulário sobre expressões do universo sado-masoquista), estão na lista de buscas que demonstram maior tendência de prolongamento, sendo que o primeiro já aparece em oitavo lugar na lista de termos mais buscados pelos brasileiros, em seguida subir 213 posições em relação a 2018.

pornhub



Fonte: blogs.correiobraziliense.com.br

A nudez não precisa ser sexual

Os olhos diante da morte do amor

Os olhos diante da morte do paixão