Porquê estabelecer amizades mais afetivas entre homens?

Como estabelecer amizades mais afetivas entre homens?
Tempo de leitura: 2 minutos

Porquê estabelecer amizades mais afetivas entre homens?

“Olá, galera do PdH, mais especificamente do Mentoria. 

Meu nome é Gesner e gostaria de saber o que vocês poderiam falar a saudação de um problema meu já vetusto. Faz muito tempo que não faço amizades, não por falta de interesse, mas por descobrir ridículo essa mania que nós homens temos de competir uns com os outros. É sempre o “sou/faço mais que você”, um tanto que nunca gostei e sempre achei ridículo. 

Coligado a isso, existe também o trajo de que muitos dos homens que se denominam amigos não tem a mínima capacidade de entender o lado do outro e sempre caem no mesmo oração machista do “seja varão de verdade”. Por esses motivos, sempre tive muito mais amigas mulheres do que amigos homens. Únicos amigos homens que tenho são 2 pessoas que conheci em rede social e nunca encontrei pessoalmente. De resto, mais nenhum.

O que devo fazer?”

– Gesner

Complemento sobre o matéria:

“Não consigo ter amizades masculinas. O que faço?

Masculinidade e Afetividade, Palestra de Caio César no ColaborAmérica 2018

Porquê responder e ajudar no Mentoria PdH (leia para evitar ter seu observação desvanecido):

  • comentem sempre em primeira pessoa, contando da sua experiência direta com o tema — e não só dizendo o que a pessoa tem que fazer, uma vez que um professor distante da situação
  • não ridicularizem, humilhem ou façam piada com o outro
  • sejam específicos ao racontar do que funcionou ou não para vocês
  • estamos cultivando relações de parceria de convenção com a perspectiva proposta cá, que vai além das amizades usuais (vale a leitura desse link)
  • comentários grosseiros, rudes, agressivos ou que fujam do foco, serão deletados

Porquê enviar minha pergunta?

Você pode mandar sua pergunta para posts@papodehomem.com.br .

O matéria do email deve ter o seguinte formato: “PERGUNTA | Mentoria PdH” — assim conseguimos filtrar e encontrar as mensagens com facilidade.

Posso fazer perguntas simples e práticas, na traço “Porquê planejo minha mudança de cidade sem quebrar? Porquê organizar melhor o tempo pra cuidar de meu fruto? Porquê mourejar com o diagnóstico de uma doença grave?” ?

Queremos tratar também de dificuldades práticas enfrentadas por nós no dia-a-dia.

Logo, quem tiver questões nessa traço, envie pra nós. Assim vamos construindo um mosaico mais extenso de assuntos com a Mentoria.

Essa Mentoria é incrível. Onde encontro as perguntas anteriores?

Basta entrar na coleção Mentoria PdH.

Gesner, um presente pra você:

Vamos te enviar por email o ebook “As 25 maiores crises dos homens — e uma vez que superá-las”, produzido pelo PdH.

Se deseja comprar ou presentear alguém que possa se beneficiar, compre a sua edição cá.

Para saber mais sobre o teor do livro e tudo que vai encontrar lá dentro, leia esse texto.

Ao comprar o livro, você também ajuda a manter o PapodeHomem vivo.

Nosso rendimento com anúncios caiu drasticamente nos últimos dois anos, assim uma vez que aconteceu com toda a indústria jornalística, no Brasil e no mundo (a verba agora se concentra no Facebook e no Google). Porquê o que fazemos é para vocês e não para gerar o maior número de clicks com textos vazios, essa ajuda é precípuo para nossa sustentabilidade.


publicado em 26 de Fevereiro de 2019, 12:09





Fonte: papodehomem.com.br

O que significa resiliência? Aprenda a desenvolvê-la no trabalho

O que significa resiliência? Aprenda a desenvolvê-la no trabalho

Como participar de grupos de masculinidades está mudando a minha vida – PapodeHomem

Porquê participar de grupos de masculinidades está mudando a minha vida